Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Terrenos escassos aumentam a disputa por Vila Nova Conceição

by Lello Imóveis   ·  4 anos ago  
thumbnail

Cercada por área verde e servida de bons restaurantes, comércio e lazer, a Vila Nova Conceição, um dos endereços mais cobiçados de São Paulo, agora está ainda mais disputada. Há apenas dez empreendimentos com imóveis novos disponíveis no bairro, sendo que nove deles de alto ou altíssimo padrão.
Segundo um estudo da imobiliária Coelho da Fonseca, 92% dos imóveis de luxo, com mais de 170 m², lançados no bairro entre dezembro de 2010 e setembro deste ano, foram vendidos. É um desempenho melhor do que o dos bairros vizinhos Moema, Jardins, Ibirapuera, Itaim e Vila Olímpia.
“O preço médio do metro quadrado na cidade gira em torno de R$ 9.000. Na Vila Nova Conceição, pode chegar a R$ 35 mil”, diz Celso Petrucci, economista-chefe do Secovi-SP (sindicato imobiliário).
“As pessoas querem morar lá. Não por acaso, o bairro é constantemente apontado como o metro quadrado mais caro da cidade de São Paulo.”
Petrucci lembra que a verticalização da Vila Nova Conceição começou na década de 1980 e, apesar de ter atraído muitos moradores desde então, o bairro ainda é relativamente seguro e as ruas ainda têm boa circulação -itens que o tornam mais procurado.

Saindo do Ibirapuera, pela avenida República do Líbano, que margeia o parque, ruas tranquilas e arborizadas, a maioria com guaritas de segurança particular, formam um caminho verde até a praça Pereira Coutinho, ponto de encontro de moradores da Vila Nova, onde crianças brincam e idosos conversam à sombra.
“Você está próximo à maior área de lazer da cidade, esquece um pouco a visão dos prédios”, diz Igor Freire, diretor da imobiliária Lello.
“Por lá, é fácil encontrar imóveis de 600 m², normalmente um por andar. Como o terreno para construir é escasso, ele é bem aproveitado pelas construtoras, e os apartamentos seguem esse padrão.”
Ele avalia também que a menor oferta de imóveis novos no bairro ajudou a valorizar ruas próximas em Moema, Itaim e Vila Olímpia.
No Exact Vila Nova, da incorporadora Zabo e que fica mais próximo a Moema, uma unidade de dois quartos, custa, em média, R$ 1,2 milhão, segundo pesquisa da consultoria Geoimovel, que lista imóveis ofertados nos últimos cinco anos.
Para quem quer gastar menos, o imóvel novo mais em conta no bairro fica no Helbor Nun Vila Nova. O estúdio tem 39 m² e custa, em média, R$ 594,6 mil.
FOLHA DE S.PAULO – ESPECIAL MORAR – São Paulo – SP – 20/09/2015 – Pág. 16