Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Carnaval exige atenção com segurança nos condomínios de SP

by Lello Imóveis   ·  2 anos ago  
thumbnail

Fevereiro é mês de Carnaval, período em que muitas pessoas viajam e deixam seus imóveis vazios, o que exige atenção redobrada de síndicos, funcionários e dos próprios moradores de condomínios da Grande São Paulo.

Durante os quatro dias, o risco de furtos e assaltos é maior e, por isso, alguns cuidados com segurança devem ser tomados. A Lello, empresa líder em administração de condomínios no Estado, estima que aproximadamente 500 mil apartamentos deverão ficar vazios no feriado de Carnaval.

É fundamental que a prevenção seja redobrada, especialmente nos edifícios residenciais. “A primeira recomendação é não deixar a chave do apartamento na portaria. É importante que o morador providencie fechaduras reforçadas nas portas sociais e verifique as trancas de janelas e portas das sacadas, sobretudo se a unidade estiver situada nos dois primeiros andares do condomínio”, observa Angélica Arbex, gerente de Relacionamento com o Cliente da Lello Condomínios.

Havendo necessidade de regar plantas ou tratar de animais de estimação, a recomendação é para que o morador entregue a chave a um vizinho, parente ou amigo de confiança, deixando, por escrito, uma autorização para que a pessoa possa entrar no prédio. “Igualmente fundamental é comunicar o zelador para que as correspondências fiquem na portaria até o retorno do condômino”, afirma Angélica.

Em relação à segurança física do apartamento, é importante desligar a chave geral no quadro de força, além de fechar os registros de água e gás para evitar vazamentos. O morador também deve informar, a um vizinho de confiança, o nome do local para onde vai viajar e um número de telefone para ser contatado em caso de emergências, como vazamento, incêndio ou assalto.

LEIA TAMBÉM   Vai comprar apartamento? veja antes a situação do condomínio

Para a equipe do edifício, síndicos e funcionários, a recomendação é reforçar o sistema de segurança, realizando a inspeção do circuito de alarmes e TV interna do condomínio, caso o condomínio disponha de tais equipamentos. “Nos condomínios com grandes áreas externas, como piscinas, quadras, saunas e jardins, a recomendação é destacar um funcionário que faça rondas periódicas, sobretudo no período noturno. Se o condomínio tiver contrato com uma empresa de segurança patrimonial, é importante solicitar a intensificação da passagem de viaturas pela porta do condomínio”, conclui a gerente.

Fonte Exame