Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Dicas para se preparar para morar sozinho!

by Lello Imóveis   ·  2 semanas ago  
thumbnail

Está pensando em mudar de vida e morar sozinho? Confira nossas dicas de como se preparar para esse momento tão importante em sua vida!

Morar sozinho é o objetivo de muitos jovens que procuram conquistar sua independência e, para que essa fase seja um sucesso desde o início, é importante planejar a mudança com cuidado.

Estar atento a alguns fatores antes de colocar essa decisão na prática pode fazer com que todo o processo seja mais tranquilo, facilitando a adaptação a essa nova etapa da vida.

Neste post, trazemos algumas dicas importantes para que você se prepare para morar sozinho da melhor forma. Continue a leitura!

Como saber a hora de morar sozinho?

A vontade de morar sozinho é algo bastante comum, pois representa a liberdade e a independência de ter um lugar só seu para viver.

Por isso, a mudança costuma ser um momento de muita empolgação com as possibilidades trazidas por essa nova fase da vida.

Para que tudo corra bem e esse processo seja tranquilo, é importante verificar se realmente chegou a hora de dar esse passo.

A estabilidade financeira pode ser um dos fatores mais relevantes nesse cenário, já que esse é um elemento essencial para arcar com as responsabilidades de viver sozinho.

Assim, o ideal é estar com as contas quitadas, para que você possa dedicar seu orçamento ao novo local, sem precisar dar atenção a dívidas.

Também é fundamental ter em mente o impacto que essa mudança terá na rotina e em alguns hábitos.

Afinal, morar sozinho traz diversas responsabilidades com as quais é preciso ter comprometimento, como pagar contas e realizar o serviço doméstico.

É importante analisar esses fatores e o impacto que eles terão em seu dia a dia, para que assim seja possível realizar a mudança e conquistar sua independência.

Como fazer o planejamento?

Um bom planejamento é a chave para que esse processo seja o mais tranquilo possível, permitindo que você viva com calma cada parte dessa nova etapa.

O primeiro passo para uma boa preparação é estudar seu orçamento. Para isso, basta anotar em um caderno ou em uma planilha o quanto você ganha e o quanto você terá que gastar.

De maneira geral, o cenário ideal é aquele em que as despesas fixas correspondem a até 50% do orçamento disponível, de maneira que o restante possa ser direcionado a outros gastos.

As despesas fixas incluem aquilo que deverá ser pago todos os meses, como o valor do aluguel, luz, água, gás, internet e supermercado.

Em alguns casos, também pode ser necessário incluir a taxa de condomínio.

Ao estabelecer qual é seu orçamento, também se torna possível fazer algumas previsões de qual será o total a ser pago por esses gastos, trazendo mais organização e preparo para a procura de um imóvel.

O planejamento financeiro também permite que você comece a adaptar seus gastos, mudando alguns hábitos e fazendo as reduções que forem necessárias para economizar parte do orçamento.

Para isso, é fundamental estabelecer prioridades, dando mais atenção às despesas que não podem ser alteradas e adaptando as que forem menos rígidas.

Outro ponto que pode ser bastante importante é reunir uma reserva de emergência durante alguns meses anteriores à mudança, de maneira que quaisquer imprevistos possam ser resolvidos rapidamente.

Como escolher o imóvel?

Uma parte essencial da preparação para morar sozinho é a escolha do imóvel.

Primeiramente, é importante analisar o planejamento que foi realizado e procurar por locais que atendam às condições impostas pelo orçamento estabelecido.

É fundamental lembrar que o aluguel não é o único gasto a ser levado em conta, incluindo também taxas de condomínio, coleta de lixo, IPTU e demais despesas que surgirem.

Outro fator de extrema importância na hora de escolher um imóvel é a localização, um ponto ao qual é necessário estar atento para que sua rotina funcione de forma tranquila.

Verifique a possibilidade de viver perto dos locais que mais frequenta, como ambientes de trabalho e estudo, facilitando sua locomoção diária a esses lugares.

Caso não seja possível, é importante pensar na mobilidade. Se for necessário utilizar o transporte público, por exemplo, certifique-se de que há pontos de ônibus ou estações de metrô por perto.

A Lello pode ajudar nessa etapa, com uma ferramenta de busca de imóveis que procura locais conforme sua proximidade com a linha de metrô selecionada.

Dessa maneira, é possível se certificar de que o lugar escolhido funciona bem com a sua rotina.

Além disso, pode ser interessante realizar uma pesquisa para conhecer um pouco mais sobre o bairro pretendido.

Assim, é possível determinar se a vizinhança é segura, bem como os serviços oferecidos na região e até o perfil de morador da área.

Quanto ao imóvel em si, realize visitas presenciais aos que mais chamarem atenção e verifique as condições da estrutura física, como pintura, instalações elétricas e hidráulicas, e outros aspectos que forem relevantes para você.

Ao fazer isso, é possível determinar se será necessário realizar algum tipo de reparo e essa despesa pode ser incluída no seu planejamento financeiro.

O essencial é estar atento a quais fatores são positivos para sua rotina e podem facilitar seu dia a dia, de modo que a decisão de morar sozinho traga consigo todas as vantagens que tem a oferecer.

Dicas de mudanças

Passando por um bom planejamento e uma análise criteriosa do imóvel escolhido para morar sozinho, já é possível se preparar de maneira eficaz.

No entanto, dicas de como passar por esse processo de maneira tranquila e prática nunca são demais.

A preparação para essa nova fase inclui diversos aspectos da vida, inclusive as tarefas que são realizadas no dia a dia.

Morar sozinho traz diversas responsabilidades, como garantir a limpeza e organização do espaço, além de cumprir com as demais obrigações do cotidiano.

Por isso, pode ser interessante estabelecer um horário fixo para organizar a casa, de modo que essa atividade entre na rotina e tudo esteja sempre limpo e no lugar.

Além disso, para curtir esse momento com a atenção que merece, é preciso ter calma e não apressar nenhuma etapa.

A decoração do ambiente, por exemplo, é um fator que não precisa ser resolvido logo no início da mudança, adicionando mais uma tarefa à sua lista.

Com tempo e planejamento, é possível organizar tudo da melhor forma e garantir uma ótima experiência morando sozinho.

Gostou das nossas dicas? Então, agora só falta conhecer a Lello Imóveis!

Com mais de 60 anos de história e experiência, somos uma imobiliária comprometida com você e sua procura pelo local ideal para viver.

Acesse nosso site, confira os imóveis disponíveis e faça o agendamento online da sua visita aos locais de que mais gostar.