Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

As vantagens de morar no Itaim Bibi

by Lello Imóveis   ·  3 anos ago  
thumbnail

Bairro ideal para quem quer morar perto do trabalho, o Itaim Bibi está cheio de atrações – sobretudo gastronômicas.

Sao_Paulo Noite_itaim_bibi

Na região em que índios chamavam de “Itahy”, nasceu o bairro verticalizado e repleto de atrações gastronômicas chamado hoje de Itaim Bibi. ‘Bibi’ seria o apelido de Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, antigo proprietário da fazenda que foi loteada e deu origem à área. Mas foi apenas na década de 70, com a canalização dos córregos e a abertura de grandes avenidas, como a Juscelino Kubitschek e a Faria Lima, que o pedaço começou a tomar os contornos atuais. Listamos as principais atrações e curiosidades que este bairro oferece:

 

1. Junto aos muitos escritórios de empresas – Google, Louis Vuitton, Facebook, o Itaim está repleto de edifícios residenciais de alto padrão. É ideal para quem quer (e pode) morar perto de trabalho.

2. O shopping mais antigo da cidade (e da América Latina) fica na Avenida Brigadeiro Faria Lima. Trata-se do Iguatemi, inaugurado em 1966.

3. Outro templo do luxo é o Shopping JK Iguatemi. Embora tenha mais cara de Vila Olímpia, fica na “boca” da principal via do Itaim Bibi.

4. A Rua João Cachoeira é o shopping a céu aberto da área. Mais popular, a seleção de lojas de roupas agrada sobretudo àqueles que não querem gastar tanto.

5. Se a ideia é encher a sacola de comida, vá direto ao Eataly. O enorme mercado de alimentos italianos ultrasselecionados, misturado a pequenos restaurantes, ganhou a primeira unidade da América Latina em maio de 2015, na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek.

6. Outra atração internacional que pousou por ali: o restaurante Jamie’s Italian. A casa do chef-celebridade inglês Jamie Oliver abriu em março e vive lotada. O público que prova receitas como o tagliatelle à bolonhesa com farofinha de pão e ervas.

7. A área acolhe ainda muitos restaurantes estrelados. Só com quatro estrelas, tem o contemporâneo Side, o italiano Nino Cucina e os variados Cantaloup e La Tambouille

8. E não tem preconceito culinário por ali não. Você pode almoçar no japa-peruano Osaka, jantar uma pizza n’A Tal da Pizza, comer no dia seguinte no asiático Tian, passar depois no francês L’Amitié, e por aí vai.

9. Depois de tanta comilança, é possíveis queimar as calorias no Parque do Povo. No espaço inaugurado em 2008 dá para caminhar, correr, andar de skate e até jogar xadrez.

10. A região se mostra bem servida de ciclovias e ciclofaixas de lazer, principalmente perto do parque. Ninguém tem desculpa para ficar parado.

11. Ainda no tema fitness, academias bacanas povoam a região. Espere ver a Bodytech, a Fit2You, a Triathon, Bio Ritmo, etic.

12. Com mais de um século de existência, o Esporte Clube Pinheiros é um dos mais tradicionais da cidade. Mantém no Itaim Bibi uma área de 170 000 metros quadrados e equipes de modalidades como handebol, esgrima, pólo aquático, ginástica olímpica.

13. Está a fim de encontrar um par? O Itaim Bibi tem de sobra endereços para paquerar. Já bote na lista os bares Boteco São Bento, Brexó, Dezoito Bar, Eu Tu Eles, Tatu Bola, Kia Ora e The Sailor.

14 . E não é só jovem que sai para agitar, não. Gente de quarenta, cinquenta anos vai no Charles Edward. No Vaca Veia predomina o pessoal com mais de 30 anos. Senhores bon vivant curtem uma botecagem diurna na longeva Mercearia São Roque.

15. Quase uma Disneylândia para os enófilos, o Bardega é o bar com a maior quantidade de vinhos em taça da cidade. São mais de 100 rótulos disponíveis!

16. Especializado em design e arquitetura, o Museu da Casa Brasileira fica em uma mansão da década de 40 e tem um enorme jardim. Não deixe de conferir o restaurante interno Santinho.

17. Para assistir a um filme, em geral blockbuster, o Kinoplex é um ponto de encontro no bairro. Fica no Brascan Open Mall, complexo de lojas e praça de alimentação.

18. Quem quiser ver uma peça, poderá rumar ao Teatro Espaço Promon, na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek.

19. Na Casa do Saber, dá para se sentir um pouco mais culto. Os cursos livres passeiam por diferentes temas: filosofia, cinema, economia, religião.

23. E o ambiente mais bonito? O Kaá, que venceu a categoria variada em VEJA COMER & BEBER, tem um salão de encher os olhos, com uma enorme parede forrada de plantas e teto retrátil.

24. Gente bonita também não falta no bairro. As agências Mega Models e Ten Model ficam no pedaço.

25. No meio de tanto espigão, é um alento encontrar um boteco à moda antiga como o  Botequim do Hugo, onde a conta final é somada em uma antiga máquina registradora.Locação e Compra de Imoveis

Matéria vinculada a Veja São Paulo 01/07/17