Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Feira da Liberdade: a cultura oriental em SP

by Lello Imóveis   ·  1 mês ago  
thumbnail

Você conhece a Feira da Liberdade, seu artesanato, comidas deliciosas e a cultura oriental da capital paulista? Leia nosso post e confira!

Morar em São Paulo é um privilégio, pois você tem a oportunidade de se sentir no Japão quando circula pela região central da cidade. Para isso, basta visitar a Feira da Liberdade, um evento que acontece todos os sábados e domingos.

No bairro da Liberdade se encontra o maior percentual de japoneses e seus descendentes, que vivem fora de sua terra natal.

Isso significa dizer que a cidade de São Paulo possui a maior população nipônica do mundo fora do Japão.

Segundo um relatório da Central Intelligence Agency (CIA), publicado em 2019 nos Estados Unidos, o Brasil possui uma população que ultrapassa 1,6 milhão de pessoas de origem japonesa.

Esse povo ordeiro e apaixonado pelo trabalho chegou ao Brasil no distante ano de 1908, através do navio Kasato Maru que trazia 781 imigrantes em uma viagem de 52 dias para desembarcar no porto de Santos.

Até o ano de 1914 mais de 10 mil imigrantes japoneses já viviam em terras brasileiras.

Após a Segunda Guerra Mundial, a Liberdade tornou-se o local preferido dos imigrantes e foi ali que se concentrou grande parte da população, transformando o bairro em um reduto onde o idioma, costumes e até mesmo a decoração lembram o estilo marcante da cultura e tradição japonesa.

Nesse incrível bairro, com suas luminárias no estilo oriental, é possível encontrar também milhares de descendentes de outros países, tais como:

  • chineses, 
  • sul-coreanos,
  • filipinos,
  • tailandeses, etc.

Neste post, apresentaremos a Feira da Liberdade, uma oportunidade única de conhecer a cultura, sabores e costumes dos povos orientais que escolheram a cidade de São Paulo para viver. Continue lendo e saiba mais sobre esse curioso e interessante assunto!

Como surgiu a Feira da Liberdade?

A Feira de Arte, Artesanato e Cultura da Praça da Liberdade, como é oficialmente reconhecida pelas autoridades municipais, existe desde o ano de 1975.

Naquela época, os imigrantes que viviam no bairro resolveram organizar o encontro dos finais de semanas, onde podiam, além de reviver seus costumes, vender produtos, artesanatos e comidas típicas do Japão.

A Feira da Liberdade foi ganhando notoriedade na cidade e sua fama acabou chegando também aos milhares de turistas que visitam a capital paulista, chamando a atenção de pessoas que iam para lá no objetivo de degustar a saborosa comida oriental e adquirir seus produtos.

Atualmente, são dezenas de barracas oferecendo uma variedade de mercadorias que conquistam a admiração dos que passeiam pelo local, além de muitos sabores a preços convidativos de itens das mais diversas culturas orientais.

Por todo o bairro, encontram-se restaurantes e espaços voltados ao oriente, atraindo milhares de pessoas todos os finais de semana.

Como a cultura oriental agrega a nossa cultura?

Uma das características do Brasil está em possuir, em uma única nação, culturas das mais diversas regiões do mundo, pois o brasileiro tem muita facilidade em absorver as tradições de outros países, respeitando e aplaudindo as iniciativas, como é o caso da comunidade nipônica.

Em São Paulo, especialmente, é possível conhecer costumes e sabores das mais variadas etnias, inclusive das tradições orientais.

Tratando-se do Japão, na Feira da Liberdade é possível encontrar em diversas barracas:

  • arranjos florais ikebana,
  • objetos em origami,
  • ukiyo-e, conhecida como estampa japonesa,
  • bonecas,
  • cerâmicas,
  • jogos.

Todas essas tradições passaram a fazer parte da vida de milhões de brasileiros, que a partir da admiração pela beleza e singularidade desses objetos e costumes levam para suas casas um pouco do oriente.

Esse comportamento faz com que nosso país, especialmente São Paulo, seja reconhecido como um polo internacional de cultura, oportunizando experiências únicas para os admiradores das tradições e costumes dos mais diversos lugares do mundo.

O que posso encontrar na Feira?

Além de objetos decorativos, brinquedos, jogos, quadros e artesanato, encontra-se também na Feira da Liberdade o melhor da culinária oriental, onde se pode experimentar delícias, como:

  • takoyaki,
  • ebiyaki,
  • yakisoba,
  • yakibifum,
  • yakimeshi,
  • okonomiyaki,
  • tempura,
  • sushi,
  • sashimi.

Para quem gosta de um aperitivo, na feira você encontrará a autêntica bebida destilada japonesa: o saquê.

Outra opção é experimentar diversos pratos orientais e até mesmo delícias das feiras brasileiras, tais como:

  • frango xadrez,
  • guioza,
  • baozi,
  • sorvete frito 
  • espetinhos,
  • cocada,
  • raspadinhas,
  • churros,
  • sucos de frutas tropicais.

As barracas gastronômicas estão localizadas na Rua dos Estudantes, ou seja, na continuidade da Praça da Liberdade.

Bem ao estilo Brasil, é uma mistura de aromas, sabores e idiomas que certamente você irá recordar com saudades e vontade de voltar.

Circulando pelas barracas predominantes decoradas nas cores vermelho e branco, também terá acesso a roupas, luminárias, bonsais, bijuterias, almofadas e até mesmo peixes em aquários.

É impossível visitar a feira e não se encantar com tantas opções e novidades, principalmente para os que não estão acostumados com os costumes e cultura.

Outro fato interessante é que os que conhecem o evento se tornam frequentadores assíduos.

Qual o horário de funcionamento?

A Feira da Liberdade acontece todos os sábados e domingos das 10 às 18 horas.

O endereço é Praça da Liberdade, entre a Rua Galvão Bueno e a dos Estudantes.

A melhor opção para chegar ao local para quem usa o transporte público é optar pelo Metrô e descer na Estação Japão – Liberdade (Linha 1-Azul), que fica exatamente na praça onde acontece o evento.

Muitos moradores do bairro e das proximidades visitam a feira para tomar um café da manhã ao estilo oriental ou fazer um delicioso lanche.

Em meio aos turistas, a diversão é garantida e o ambiente o faz viajar a um pedacinho do Japão em plena região central de São Paulo.

Se bateu aquela vontade de conhecer esse ambiente ou ainda de buscar um local agradável e acolhedor para viver em São Paulo, o bairro da Liberdade é uma excelente opção.

Além de toda uma estrutura para se viver bem e com qualidade, vale destacar que o bairro possui o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,858 pontos, considerado elevado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

Para encontrar um local aconchegante, que atenda às suas expectativas no bairro da Liberdade e arredores, contate a Lello Imóveis e conheça as melhores opções para alugar ou comprar o seu imóvel.

São mais de 60 anos de história, colaborando para transformar sonhos de milhares de pessoas em realidade e oportunizando excelentes negócios, com responsabilidade, transparência e profissionalismo.

Acesse nosso site e conheça as diversas possibilidades existentes para você poder morar pertinho da Feira da Liberdade e aproveitar a vida com toda a estrutura e conforto que São Paulo pode oferecer!