Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Mulheres e o mercado Imobiliário

by Lello Imóveis   ·  3 anos ago  
thumbnail

Não é novidade alguma que investir em um imóvel é um assunto extremamente sério, não importa se a intenção é morar nele, comprar, alugar ou vendê-lo. E esse nicho tem atingido cada vez mais o público feminino dentro de todos os perfis em que ele se encaixa.

Muita coisa mudou dos últimos anos para cá e a estratégia de comunicação com as mulheres não se baseia mais no apelo emocional, família reunida e filhos felizes.  O público se emponderou,  tornando se cada vez mais engajado com fatores econômicos, onde 40% da população economicamente ativa do Brasil  é representada pelas mulheres e atualmente mais de 50% da fatia no mercado empreendedor.  Levando para o mercado imobiliário, segundo pesquisa realizada pelo VivaReal em setembro de 2016, 65% das mulheres, entre 25 a 34 anos, estão em busca da compra de imóvel, enquanto 28% procuram por locação. Quando a procura é feita por casal e resulta em contratos assinados. 95% deles só são finalizados depois da palavra de ordem delas.

Mas, afinal, esse aumento de interesse por imóveis é um reflexo apenas das mudanças nos papéis do homem e da mulher na sociedade? Não! Além da desconstrução do público feminino, onde casar já não é mais sonho de muitas e as mulheres estarem assumindo posições de liderança, seja no trabalho, na família ou na vida pessoal, existem outras razões naturais que fazem com que elas, na maioria dos casos, deem a palavra final sobre a aquisição ou não do imóvel.

A característica que mais diferencia o comportamento das mulheres nesse tipo de investimento é que, em geral, elas sabem exatamente o que procuram, sendo cada vez mais exigentes desde o atendimento ao contrato assinado. Independentemente de  procurar um imóvel para morar sozinha ou com a família, o que se nota é que mulheres com seus perfis multifuncionais, são mais dispostas à longas pesquisas. Diferente dos homens que se baseiam muito pela oferta e valorização do imóvel, para elas fatores como: segurança, mobilidade urbana, vizinhança e até foto do imóvel são aspectos fundamentais. Outro fator apontado pelas pesquisas é que as mulheres também são mais determinadas à melhores negociações fazendo com que as condições de compra e venda se tornem mais favoráveis.

Embora essa máxima não se aplique à 100% dos casos de compra e locação de imóveis, vale ressaltar que o público feminino é influenciador. A mulher conquistou o voto, o respeito no trabalho e a independência financeira e agora é o momento ideal para o mercado ter em vista esse emponderamento e seus efeitos na sociedade  e economia.