Please disable Ad Blocker before you can visit the website !!!

Animal em casa: como adaptar seu pet no imóvel novo?

by Lello Imóveis   ·  7 dias ago  
thumbnail

Contar com a companhia de um pet traz muito mais alegria e diversão para os nossos dias. Confira como adaptar seu animal em casa nova!

Ter a companhia de um animal em casa traz muita alegria e afeto para o lar, mas em momentos de mudança é importante estar atento às necessidades dos nossos amigos.

Iniciar a vida em um novo imóvel requer adaptação por parte de todos os moradores, que reajustam suas rotinas ao novo local, e com os bichinhos de estimação não é diferente.

Por isso, preparamos um post para aqueles que têm animal em casa e querem saber como ajudar seu a pet na adaptação no novo lar. Confira!

Como preparar a nova casa para receber o pet?

Primeiramente, é sempre importante verificar se realmente é possível levar seu animal de estimação com você para o imóvel pretendido, se o espaço é adequado e se a qualidade de vida do seu amigo será mantida.

Caso não haja impedimento, verifique se há alguma regra que deve ser seguida, como medidas de segurança obrigatórias e normas de circulação nas áreas comuns.

Os processos de mudança sempre exigem um bom planejamento e, quando se trata de morar em um novo local com crianças ou pets, uma preparação cuidadosa do ambiente.

Dessa maneira, é possível iniciar a nova rotina no local de forma tranquila e alegre, aproveitando todas as novidades da nova moradia.

Ter um animal em casa envolve planejar também a mudança nos hábitos do pet e transformar esse processo em uma experiência mais calma e agradável para todos os moradores do lar, inclusive os bichinhos.

Para isso, conhecer a personalidade do seu amigo e as particularidades de cada espécie pode facilitar essa etapa de transição.

Separamos as principais para ajudar:

Gato

Os gatos são conhecidos por, geralmente, apresentarem um comportamento mais cauteloso e podem parecer até desconfiados.

Por isso, preparar o ambiente antes da sua chegada ao novo imóvel é importante para que ele logo se acostume ao novo local.

Os itens essenciais para receber o bichinho, seja em uma casa ou apartamento, são as telas de proteção, a caixa de areia e o arranhador.

As telas devem ser instaladas nas janelas, varandas e espaços que detenham alguma passagem de saída, principalmente em apartamentos, para garantir a segurança dos felinos, que podem querer se aventurar por essas aberturas.

A caixa de areia é fundamental para a higiene do local e escolher um lugar fixo para colocá-la ajuda o animal a se adaptar ao novo imóvel, uma boa fica é optar por um espaço mais discreto e ventilado, assim, você evita proliferação de cheiros desagradáveis.

Já os arranhadores são importantes para a manutenção da sua mobília e da estrutura do imóvel, pois na falta deles é possível que os gatos escolham outros lugares para afiar as garras.

Caso você já tenha algum desses itens, considere não comprar novos logo de cara, pois os objetos antigos, através dos cheiros e memórias visuais, podem trazer conforto e auxiliar na adaptação dos pets no seu novo lar.

Cachorro

Diferentemente dos gatos, os cachorros já possuem a fama de serem animais curiosos e que confiam cegamente em seus donos.

Por isso, em um primeiro momento pode ser mais fácil apresentar o imóvel a eles.

Ainda assim, é importante preparar o ambiente, já que eles são também animais sensíveis e podem sentir falta de sua antiga casa.

Reservar um cantinho para eles pode ser uma boa ideia, reunindo sua cama, cobertor, brinquedos e outros pertences.

Assim, o cão começa a perceber que aquele é seu novo lar e pode se adaptar com mais facilidade.

Manter alguns de seus pertences antigos, como uma caminha ou seu brinquedo favorito, também ajuda os cãezinhos a passar por esse processo de forma tranquila.

Aves

Ter um animal em casa não é exclusividade dos donos de cães e gatos, os pássaros também são uma companhia agradável e bastante popular.

Para que passem por esse processo de adaptação de forma calma e agradável, investir em uma boa gaiola é o primeiro passo.

Como passam muito tempo dentro delas, é importante que a estrutura seja confortável, com espaço suficiente e grades adequadas para o seu tamanho.

Diversificar a alimentação desses animais com frutas frescas e sementes variadas também ajuda a fortalecer sua saúde e prepará-los para essa etapa de transição.

Hamster

Os hamsters também marcam presença em diversos lares.

Além de muito fofos, esses animais são conhecidos por seu temperamento agitado e por gostarem de brincar em tubos, rodas giratórias e bolas de exercício.

Por isso, para que se adaptem bem ao novo ambiente em que irão morar, pode ser interessante investir nesses acessórios, permitindo que gastem sua energia e se sintam mais satisfeitos.

Caso você crie o seu hamster solto, fique atento às adaptações que precisará fazer no imóvel novo, fechando canos, ralos e o que mais for necessário para evitar fugas e riscos à saúde do seu pet.

Como adaptar o animal em casa nova?

Um dos primeiros passos para garantir uma boa adaptação do pet à casa nova é garantir que ele não seja sobrecarregado pelo processo da mudança.

Enquanto para os donos esse é um momento de empolgação e alegria, para o animal pode ser um momento confuso.

Por isso, se possível, deixe o bichinho sob os cuidados de um amigo ou de profissionais, para que ele tenha um dia mais agradável.

Além disso, tenha certeza de que todas as medidas de segurança necessárias foram tomadas, como é o caso da instalação de telas de proteção.

A hora de apresentar o novo imóvel ao pet também é de extrema importância. O mais indicado é que o dono esteja presente, para que o animal se sinta confortável e seguro.

Deixe que ele conheça com calma cada cômodo, cheire cada canto e compreenda aos poucos que aquele é seu novo lar.

Esse também é o momento de mostrar ao bichinho onde estão suas coisas, como água, comida, cama ou caixa de areia, a depender da espécie.

Criar esse espaço para o animal é importante para a manutenção do imóvel, garantindo que o pet tenha onde brincar, descansar e fazer suas necessidades, mantendo sempre a casa ou apartamento em ótimo estado.

Oferecer carinho extra e alguns petiscos são mais uma maneira de fazer com que eles se sintam confortáveis e satisfeitos, o que ajuda muito no processo de acomodação.

Quanto tempo dura a adaptação?

Quem já teve mais de um animal em casa sabe que cada um deles possui uma personalidade própria.

Por isso, o período de adaptação pode variar de um bichinho para outro.

É importante se manter atento ao seu comportamento durante o primeiro mês, verificando se há alterações que motivem uma ida ao veterinário.

De maneira geral, tomando as medidas necessárias, em algumas semanas o animal já deve estar se sentindo em casa.

Afinal, estar na presença de seus donos, recebendo carinho e cuidados, é o que realmente importa para os pets.

Agora que você já sabe como adaptar seu pet a uma casa nova, só falta encontrar o local ideal para você com a Lello Imóveis!

Somos uma imobiliária comprometida a auxiliar cada pessoa na procura, locação ou compra do seu imóvel perfeito para viver.

Acesse nosso site, confira as opções disponíveis e agende uma visita aos seus locais favoritos.